CURTINHAS.


Mantra: jamais brotar sementes de flores em quem não tem a delicadeza de regar o jardim que somos.

___________

A luz do teu sorriso, amor, acende a casa inteira do que sou.

____________

Por aqui o amor corre com dendê no sangue, que é pra ferver com aquarela, sempre que ele me tocar. Eu danço. Apimentamos o doce da vida só para melhorar o sabor da lembrança. Fazemos música batendo as pontas dos dedos na mesa e a maior declaração poética o mar expõe pro mundo ver. Na Bahia tudo pulsa diferente. O coração samba devagar pra não perder a vez de entrar na roda. Sentir demais, por aqui, é algo cultural. Hoje é quarta-feira, meu dia preferido, abençoado por Iansã. Estou no lugar certo e não vou perder a hora. Já acordei sendo.

____________

Azul e branco. A(mar) é céu.

____________

Ser desajustado é poesia, é crescer sem réguas, porque o mundo não sabe medir o que não entende. Transbordamos. Não caber e tentar abrir espaço ao invés de simplesmente tentar se encaixar, é chegar mais perto de viver. É pertencer, quando se descobre casa daquilo que se é. Ser desajustado é poesia e alguns poemas só conseguem ser lidos por quem sabe sentir. Sentir não cabe ajuste. No abraço das diferenças a vida amanhece o dia inteiro. Eu escolho fazer sol.

____________

Tudo funciona quando é. Só basta ser(mos).

____________

Amor encontra caminho. Quando é de verdade, sempre existe estrada. Se o obstáculo for imenso, a gente voa. E fica. Amor faz brotar asas enquanto enraiza, tudo assim, ao mesmo tempo.

____________

Amor é também oscilação. É alternar entre um "itimaliamozãovemcá" e um "nossacomlicençanãoconsigolidar."

____________

Que venha tudo o que for leve e de criar asas. Se for pra enraizar, que os frutos brotem doces. Que as horas sejam de céu bonito. E quando for de chover, que o arco-íris venha sempre pintado de novas possibilidades. Que a vida seja de encanto, mesmo quando não for. A mágica a gente faz com o coração. E amor aqui é muito.

____________

Sempre em frente. Se a vida questionar, enfrente. Os caminhos todos existem porque sabemos (e podemos) fazê-los. Não existe final em nenhuma estrada, apenas recomeços, com milhares de opções de novas rotas.

Borandá, que o mundo é muito.

____________

Nota pra vida: não ser onde não me couber.

___________

Março. O único mês que carrega o mar em seu nome - em sua essência. Mês de águas, casa de Peixes. Mês azul, constelação de Áries. Que seja de mágica mais esse recomeço. Que seja de sol tudo o que vier a ser. Que seja um mergulho bonito na parte mais doce de tudo.

___________

Teu abraço: casa feita sob medida para acolher todos os meus melhores carinhos só para deixá-los brincar junto aos teus.

____________

NaMORAR: fazer morada em. É ter endereço certo, espaço moldado no coração do outro. Casa feita de amor, decorada com tudo o que se sente de mais bonito. Feliz dia a quem se deixa habitar!

____________

Amasso: quando o amor é tão imenso que dá vontade de apertar pra sempre.

____________

Tudo em mim brilha você.

____________

Mantra: ser sincera com o que pulsa, abraçar o que me abraça, perder a hora com o que me faz sorrir, beijar a doçura que os lábios trazem e aprender a tocar o outro com delicadeza, até que se consiga dedilhar os sentimentos de olhos fechados.

____________

Que seja escandalosamente leve, o amanhã.

____________

Espelho tudo aquilo que você faz refletir em mim. Recolha daí as impressões que leva. São recíprocas.

____________


Um beijo é quando, no derramar de poesia dos lábios, dois sorrisos se embaraçam um no outro.

____________

Às vezes pesa. Às vezes rasga. Às vezes, chove. Que chova, pois o mundo também tem suas dores. Depois passará, passarinhos que somos. É quando a poesia senta na calçada e a gente inventa mais um pouco, só pra ter mais sol. Terá.

____________

Meu corpo: vilarejo. Enlouqueça com as paisagens, queira fazer ali sua casa. Escorregue nas ladeiras. Acelere em todas aquelas curvas. Invada os cruzamentos sem olhar para os lados. Decore os melhores caminhos. Rascunhe um mapa minucioso em seus detalhes. Ignore as regras - estacione onde quiser. E na sua rua preferida, acenda uma fogueira. Seja brasa quando as chamas se espalharem - meu amor é inflamável.

____________

Doar mais, doer menos.

____________



Quando a vida vem me desarrumando o sorriso é que sou mais feliz.