SOCIAL.



As únicas redes sociais das quais faço parte são aquelas que, para mim, ainda guardam um pouco de lógica. Para organizar o que me alimenta. E só. Sou completamente avessa a Facebook - sem perfil, apenas uma fanpage que leva o mesmo nome do blog, porque a poesia merece estar em todos os lugares possíveis. Não tenho conta também no Twitter, Tumblr, Instagram - nada. Os perfis que existem por aí com meu nome não sei de onde saíram.

Estou APENAS aqui, onde cato o que transborda em mim, em poesia, para continuar escrevendo:

Filmow - listando o que as câmeras alheias entregam.
Skoob - listando o que preenche folhas em branco.
Last.fm - listando o que me faz bailarina.

Quem quiser compartilhar o que se guarda de mais bonito em meio ao todo, é só ficar pertinho.